Os riscos da gordura visceral no corpo humano

2 minutos para ler

A gordura visceral é o nome dado à gordura localizada na cavidade intra-abdominal. Essa gordura apresenta muito risco à saude, pois ela fica alojada entre os órgãos vitais: fígado, intestino, estômago, pâncreas, rim, coração e vasos. Existe mais uma tipo de gordura em nosso abdômen: a subcutânea, que se localiza na frente dos músculos abdominais. Mas apesar de também apresentar riscos a saúde, a gordura visceral é muito mais perigosa do que a subcutânea.

A função da gordura visceral é proteger os órgãos vitais do aparelho digestivo. O risco se torna grande quando o nível dessa gordura aumenta além do limite para estar saudável. O excesso dessa gordura está ligado ao aumento de várias doenças. A gordura visceral pode aumentar consideravelmente os riscos de você desenvolver:

– Doenças cardiovasculares;

– Diabetes do tipo 2;

– Câncer colorretal;

– AVC;

– Pressão alta;

– Apneia do sono (falta de ar durante o sono).

COMO SABER SE VOCE ESTÁ EM PERIGO

Utilizando uma fita métrica para medir o abdômen você pode identificar se está correndo esse risco. As medidas normais ficam de até 90 cm e mulheres até 80cm. Acima dessas medidas, é aconselhável ter uma reestrutura nos hábitos alimentação, atividade física e consultar um médico.

PREVENÇÃO E TRATAMENTO

É preciso ficar atento ao aumento dessa gordura, pois ela é um grande inimigo da saúde. A dica é evitar alimentos processados, industrializados e gordurosos.

O tratamento é feito pela perda de peso e mudança no estilo de vida.  Recomenda-se uma dieta hipocalórica, evitando refrigerantes, bebidas alcoólicas, gorduras e frituras. O médico irá avaliar se há necessidade ou não de utilizar medicamentos.

É importante seguir as orientações médicas e o prazo de tratamento. Jamais se automedique. Busque auxilio médico em caso de suspeitas.

Clique aqui e saiba mais!

Posts relacionados

Deixe um comentário