O que fazer em caso de piolhos em crianças?

2 minutos para ler

O temido piolho é um inseto que se instala coro cabeludo, se alimenta de sangue humano e se reproduz com facilidade depositando seus ovos no folículo piloso, ou seja, na base do cabelo. Esses insetos também podem ser encontrados nas sobrancelhas e nos cílios em casos avançados.

A transmissão é feita por contato direto por quem está infectado e outro pessoa não infectada, compartilhamento de objetos pessoais como escova de cabelo e roupa de cama. É muito comum em crianças na fase escolar.

SINTOMAS PRINCIPAIS

– Coceira constante na cabeça;

– Sensação de movimento entre os cabelos;

– Ovos dos piolhos (lêndeas) presentes nos fios de cabelo;

– Pequenos pontos vermelhos no couro cabeludo, pescoço e ombros (picada do inseto).

TRATAMENTO

O tratamento mais comum é feito através de inseticidas piretroides no cabelo, mantendo o produto na cabeça protegido por uma touca durante o período recomendado pelo fabricante. As aplicações devem seguir um cronograma de cinco dias consecutivos e repetir de sete a dez dias para matar o restante dos ovos que podem ter permanecido. É indicado passar o pente fino nos cabelos para retirar os insetos mortos.

É recomendado passar o remédio em todos os membros da família, pois também podem estar infectados pelo contato direto com a criança com piolhos. Outra coisa importante é criar essa rotina nos coleguinhas da escola, orientando os pais para que evitem a proliferação dos piolhos.

Mesmo após o extermínio do inseto, é preciso continuar examinando frequentemente a cabeça das crianças para se certificar de que a infestação foi controlada.

PREVENÇÃO

– Ficar de olho na cabeça das crianças;

– Não utilize receita caseira. Existem diversos fármacos para esse problema;

– Não é preciso cortar os cabelos da criança, mas é necessária atenção;

– A família também deve ser examinada, devido ao contato direto;

– Limpe sempre os itens de uso pessoa e em caso de contaminação, reserve itens pessoais únicos para a criança infectada;

– Oriente os pequenos a não compartilharem escova de cabelo, boné, tiaras e etc. com os coleguinhas da escola.

Caso o combate aos piolhos esteja sendo ineficaz, procure um médico dermatologista para um melhor tratamento com medicamentos.

Clique aqui e saiba mais!

Posts relacionados

Um comentário em “O que fazer em caso de piolhos em crianças?

Deixe um comentário