O que é autismo?

2 minutos para ler

O Transtorno do Espectro Autista (TEA), conhecido popularmente como Autismo, é um transtorno de desenvolvimento neurológico que pode aparecer desde o nascimento até o começo da infância, sendo presente durante toda a vida do individuo, pois essa condição não tem cura.

As causas ainda são um mistério para a ciência. As pesquisas rondam em torno da predisposição genética, mutações espontâneas durante o desenvolvimento do feto, fatores ambientais na gestação, como: estresse, uso de substâncias tóxicas, infecções, complicações na gravidez e desequilíbrios metabólicos. Mas ainda não foram confirmados 100% de serem uma causa para o desenvolvimento do autismo.

TIPOS DE AUTISMO

Autismo infantil precoce;

Autismo infantil;

Autismo de Kanner;

Autismo de alto funcionamento;

Autismo atípico;

Transtorno global do desenvolvimento sem outra especificação;

Transtorno desintegrativo da infância;

Transtorno de Asperger.

O diagnóstico só pode ser feito por um médico especialista de acordo com o Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais DSM-5 (referência mundial de critérios para diagnósticos).

COMPORTAMENTO

Pessoas com o transtorno de espectro autista apresentam dificuldades de comunicação e interação social, padrão de comportamento restritivo e repetitivo (movimentos contínuos, interesses fixos em algo, por exemplo) e no uso da imaginação para lidar com jogos simbólicos.

Eles têm dificuldades para interagir socialmente, manter o contato visual, expressar a si mesmo, fazer amigos. Os pacientes acabam por optar pelo uso repetitivo da linguagem e bloqueios para iniciar e manter m diálogo com outras pessoas.

É comum o autista ter alterações comportamentais como: apego excessivo a rotinas, manias, sensibilidade sensorial, dificuldade de imaginação e interesse intenso em algo.

Apesar de todos os pacientes com autismo poderem apresentar as mesmas dificuldades, cada um deles é afetado com intensidades diferentes.

TRATAMENTO

Ainda não existem medicamentos específicos para o tratamento de autismo, mas são utilizados alguns remédios para possibilitar uma melhor condição de vida ao paciente. É necessário ter acompanhamento médico entre 3 à 6 meses com pediatra, neurologista, psiquiatra, psicólogo, fonoaudiólogo e outros caso seja necessário, dependendo das condições do paciente e idade. O acompanhamento médico deve ser feito durante todas as etapas da vida.

Para mais informações, acesse: https://autismoerealidade.org.br/

Clique aqui e saiba mais!

Posts relacionados

Um comentário em “O que é autismo?

Deixe um comentário