Crises alérgicas respiratórias em crianças: como prevenir?

3 minutos para ler

As alergias respiratórias podem aparecer em qualquer idade e época do ano. As crianças são as mais afetadas pelas drásticas mudanças de temperatura e por hábitos em casa. A alergia mais recorrente é a rinite alérgica, que causa congestão nasal, coriza, espirros, tosse, irritação no nariz, garganta e olhos.

É essencial que os pais levem a criança em um médico alergista para descobrir a causa da doença e as soluções para amenizar as crises e o desconforto dos pequenos. Existem exames específicos com substâncias aplicadas diretamente sobre a pele e a realização de uma pequena escarificação ou testes feitos com exames de sangue para identificar os fatores alérgicos.

O tratamento é realizado a partir da recomendação médica com uso de medicamentos específicos, vacinas e mudanças de hábitos no dia a dia. O alergista é o indicado para orientar a rotina em casa com o objetivo de acabar com os focos de ácaros, poeira e outros agentes causadores de alergias respiratórias.

CAUSAS

– Poeira;

– Ácaros;

– Mofo;

– Fungos;

– Pelos de animais;

– Bicho de pelúcia;

– Pólen;

– Produtos de limpeza;

– Inseticidas;

– Fumaça de cigarro;

– Perfumes.

CUIDADOS EM CASA

– Evite as crises alérgicas reduzindo ao máximo a exposição aos agentes causadores;

– Troque e lave a roupa de cama 1x na semana;

– Não use tapetes e cortinas (utilize blackout no lugar);

– Limpe a casa com aspirador de pó e pano úmido, em vez de vassoura e espanador;

– Não utilize bichos de pelúcia para decoração do quarto, pois acumula muita poeira e ácaro;

– Mantenha a casa arejada e limpa. Deixe as janelas e portas abertas para entrar o sol;

– Evite utilizar produtos de limpeza com cheiro forte.

CUIDADOS PESSOAIS

– Lavar as mãos sempre que possível, principalmente após brincar com animais de estimação;

– Evitar o contato das mãos sujas no nariz e olhos;

– Lavar o nariz com soro fisiológico pelo menos duas vezes ao dia;

– Utilizar sabão antialérgico para lavar as outras das crianças, por exemplo: “Omo Puro Cuidado”. E secar bem em ambiente aberto;

– Evite utilizar perfumes.

Para um melhor tratamento, é preciso seguir as orientações médicas e manter o cuidado diário em casa. As doenças respiratórias podem ser controladas a partir dos tratamentos. Não deixe de conversar com o alergista e tirar todas as dúvidas em relação ao assunto. O bem estar de seu filho depende disso.

LEIA TAMBÉM: 5 dicas para evitar doenças respiratórias no inverno

Clique aqui e saiba mais!

Posts relacionados

Deixe um comentário