Como parar de roncar a noite

3 minutos para ler

Se você ronca ao dormir, saiba que há algumas maneiras para amenizar esse problema. Além de ser um incomodo para quem ronca, é ainda mais incomodo para quem tenta dormir ao lado dessa pessoa.

O ruído que da origem ao ronco é provocado pelo estreitamento ou obstrução das vias respiratórias, dificultando a passagem do ar durante o sono. Esse som é decorrente da vibração dos tecidos da região da faringe.

O ronco pode ser um sintoma de outros problemas de saúde. O diagnóstico patológico é definido quando ocorrem grandes vibrações na faringe e ruídos intensos. O ronco pode ser classificado em três níveis de intensidade (I-III): nível 1 (que vai de ronco ocasional) ao nível 3 (ronco que pode ser ouvido do lado de fora do quarto).

CAUSAS

– Flacidez nos músculos da boca e da garganta;

– Amídalas e adenoides hipertrofiadas;

– Desvio de septo;

– Pólipos no nariz;

– Palato em forma de ogiva;

– Rinite, sinusite e obstruções nasais;

– Palato mole e úvula aumentada;

– Queixo retraído;

– Envelhecimento.

FATORES DE RISCO

– Obesidade;

– Uso de bebidas alcoólicas;

– Uso de calmantes e remédios para dormir;

– Excesso na ingestão de alimentos antes de dormir;

– Dormir de barriga para cima;

– Refluxo gastresofágico;

– Tabagismo;

– Pescoço grosso e curto.

APNEIA DO SONO

O ronco pode ser um sintoma da Síndrome da Apneia Obstrutiva do Sono, mais conhecida como Apneia do Sono, que é um distúrbio do sono potencialmente grave que é caracterizado pela parada respiratória com duração de pelo menos 10 segundos em adultos e 2 ou 3 segundos nas crianças.

De acordo com dados do Ministério da Saúde, cerca de 50% da população brasileira tem a qualidade de sono ruim. E 30% da população adulta sofrem de apneia do sono. Contudo, algumas pessoas com apneia do sono pode não estar cientes de que têm o problema.

TRATAMENTO PARA PARAR DE RONCAR

 Se o seu ronco é de leve à moderado, existem algumas dicas que ajudam a reduzir os ruídos. Porém, se o ronco for crônico, busque auxilio de um médico otorrinolaringologista para obter o tratamento adequado.

Tente por em pratica as dicas abaixo para verificar se dão resultados.

– Perca peso;

– Modere no consumo de álcool;

– Previna-se das alergias respiratórias;

– Evite dormir de barriga para cima;

– Opte por dormir de lado;

– Use dilatador nasal;

– Retrator de língua anti ronco;

– Não fume;

– Pratique exercícios físicos.

FAÇA O AUTOTESTE

De acordo com a Dra. Nathalia Borio, pneumologista do Hospital Albert Einstein em publicação no portal, é importante fazer o autoteste.

– O seu parceiro se queixa de que você ronca regularmente?

– Você recentemente ganhou peso ou parou de se exercitar?

– Você tem membros da família que roncam?

Caso tenha respondido sim a qualquer uma dessas questões, você ronca ou corre o risco de roncar.

Se você ronca regularmente ou alto, procure um médico especializado em medicina do sono para tratar esse distúrbio tão incomodo.

 

LEIA TAMBÉM: 7 dicas para ter mais saúde em 2019 

 

Clique aqui e saiba mais!

 

 

Referências: https://drauziovarella.uol.com.br/doencas-e-sintomas/ronco/
https://www.einstein.br/especialidades/medicina-do-sono/doencas-sintomas/ronco
https://www.minhavida.com.br/saude/temas/apneia-do-sono
Posts relacionados

Um comentário em “Como parar de roncar a noite

Deixe um comentário